Voltar para Listagem
  • Compartilhe:

Queiroz Cavalcanti apoia encontro de empreendedores

Pequenas, mas de alto potencial e com fome de crescer, as chamadas startups acabam enfrentando diversos desafios no dia a dia para conseguir atuar e expandir mercado. Na lista estão, entre outros, burocracia, aspectos legais, falta de capital para investimentos e tributos. São verdadeiras pedras no sapato de quem quer inovar.

Para discutir o assunto e buscar soluções, empreendedores, startups do Nordeste e investidores interessados em juntar inovação com negócios encontraram-se, na quinta (13/09), na 3a Conferência Nordestina de Startups e Empreendedorismo - Mangue.bit 3.0. 

O encontro regional – que tem o apoio do escritório Queiroz Cavalcanti Advocacia contou com presenças de empresas como In loco, Neurotech, Softex, Fundo Criatec, Much More, Intelivix e Haut. A proposta do “Mangue.bit 3.0” é promover troca de conhecimentos e negócios com as melhores empresas do cenário brasileiro de inovação. 

O evento é organizado de forma independente pela comunidade de empreendedores do Recife, o Manguezal, e surge como uma iniciativa colaborativa e posiciona a capital pernambucana como celeiro de grandes startups. Entre os debatedores está Camila Oliveira - sócia-titular de Direito Empresarial de Queiroz Cavalcanti Advocacia – que vai participar do painel “Como inovar em empresas tradicionais?”.  A Multi assina a assessoria de imprensa do escritório.